A Pescaria

Peixes do Lago

Por se tratar de uma área represada, a pescaria no lago de Balbina é feita o ano inteiro, são capturados os Tucunarés das espécies VAZZOLERI e PACA, podendo chegar até 6 kilos, sem contar as Aruanãs, Traíras e piranhas, e o melhor, na maioria do tempo na SUPERFÍCIE, pertinho da CABANA, é uma explosão atrás da outra! 

Ecologia

Espécies sedentárias (não realizam migrações), que vivem em lagos/lagoas (entram na mata inundada durante a cheia) e na boca e beira dos rios. Formam casais e se reproduzem em ambientes lênticos, onde constroem ninhos e cuidam da prole. Têm hábitos diurnos. Alimentam-se principalmente de peixes e camarões. São as únicas espécies de peixes da Amazônia que perseguem a presa, ou seja, após iniciar o ataque, não desistem até conseguir capturá-las, o que os torna um dos peixes mais esportivos do Brasil. Quase todos os outros peixes predadores desistem após a primeira ou segunda tentativa malsucedida. Todas as espécies são importantes comercialmente e na pesca esportiva.

Equipamento Indicado

Os materiais indicados são varas se 17 a 20 lbs, carretilha com linha de mulfilamento de 50 lbs, um bom Leader de 0.60 mm e snap. A região é repleta de estruturas, fazendo a exigência de um material bem reforçado para os duelos com os peixe.
As iscas mais utilizadas são as de superfície, zaras, sticks, poper's e hélices, com tamanhos de 7 a 15 cm.

Cabana Quatá Pesca Esportiva - Comunidade do Rumo Certo - Lago de Balbina - Município de Presidente Figueiredo - AM  - Contato: (11) 9 9400-7500